terça-feira, 19 de dezembro de 2006

Golficídios

Com poucos dias de intervalo, da Ásia para o Ocidente, chegam tenebrosas notícias de barbáries cometidas a golfinhos:

1 - O golfinho branco, conhecido orientalmente há milhões de anos como o baiji, e que apenas existia já no rio chinês Yangtze, foi extinto
(http://www.washingtonpost.com/wp-dyn/content/article/2006/12/13/AR2006121302039.html?nav=hcmodule)

2 - Do Japão, divulgam-se imagens de práticas de chacina em massa a populações de golfinhos (esta ainda é mais chocante: http://www.glumbert.com/media/dolphin)

Quando a força cultural permite tamanha tolerância a estes factos, será realmente xenófobo ter sérias restrições de confiança para com estes povos?

2 comentários:

B@aptist@ disse...

Repugnante! Cultura pode ser a chave de tanta crueza, mas não deve chegar para justificar essa maldade toda.
Quanto aos chineses, deixarem extinguir o golfinho branco, mostra a inaptidão daquela sociedade para gerir causas de dimensão mundial.

j pitosga disse...

Tenebroso. Matemo-nos uns aos outros, meus irmãos!